contratar decorador

6 melhores dicas para contratar o decorador do seu apartamento

Já pensou em contar com a ajuda de alguém experiente e antenado nas tendências para transformar o visual do seu apartamento? Muitas pessoas têm dúvidas sobre as reais vantagens de um serviço especializado, ainda mais quando não sabem a quem recorrer para desenvolver e executar um bom projeto de interiores.

Se também é o seu caso, saiba que está no lugar certo! Este post lista os passos necessários para contratar decorador e fazer valer seu investimento. Que tal conferir todos agora? Fique conosco e saiba por onde você deve começar a busca pelo melhor profissional!

1. Peça indicações

A pesquisa é uma ação importante e deve ser feita com bastante paciência. Uma boa maneira de fazê-la é pedir indicações às pessoas que compõem sua rede de contatos. Familiares, amigos próximos e colegas de trabalho podem emitir opiniões sobre o que você procura e apontar nomes de diferentes profissionais.

Quanto mais sugestões puder obter por meio de grupos de sua confiança, mais opções você terá para fazer um comparativo e filtrar os melhores serviços. Além de solicitar recomendações de escritórios e outras empresas, pergunte sobre a qualidade dos trabalhos realizados por elas.

É importante observar as percepções que seus amigos e parentes tiveram em relação aos projetos desenvolvidos pelos decoradores indicados. Se o nível de satisfação for alto, você já pode marcar um ponto a favor daquele especialista que está na sua mira.

2. Verifique o portfólio

Uma boa forma de saber se o serviço apontado tem a ver com o seu perfil é conferir o portfólio do profissional. Trata-se de um documento que demonstra os principais conceitos, princípios e estilos adotados na maioria dos seus trabalhos.

Hoje, é comum que pessoas especializadas em projetos de arquitetura e design disponibilizem seus portfólios em seus próprios sites ou redes sociais. Logo, vale dar uma olhada nos documentos presentes na página dos escritórios avaliados, a fim de conferir detalhes, imagens e outros materiais que atestem a qualidade dos serviços.

Se o seu objetivo é contratar decorador para trabalhar com um novo material ou produto do mercado, procure focar em pessoas que costumam incorporar lançamentos e tendências em cada projeto. Para isso, vale analisar fotos de ambientes já montados por esses profissionais (uma sala, um hall de entrada, uma varanda etc.).

3. Conheça o profissional

Após muitas pesquisas, você provavelmente terá alguns nomes a considerar. Esse é o momento de filtrar as opções que mais se aproximam daquilo que procura e agendar um encontro com cada profissional. Pode ser presencial ou online (chamada de vídeo ou mensagem), o importante é conseguir conversar com o decorador.

Durante a conversa, apresente as ideias que tem para o projeto, suas necessidades, as coisas que não gosta, entre outras informações que possam contribuir para o entendimento do pedido. O profissional ouvirá suas sugestões e apresentará possibilidades distintas. Essa troca é muito importante para que vocês criem uma relação próxima.

Também aproveite o momento para conhecer melhor o decorador, principalmente a sua formação e seus diferenciais. Ele cursou design de interiores? Se formou em arquitetura e urbanismo? Qual área predomina em seus trabalhos e que tipo de serviço ele demonstra ter mais afinidade? Faça os questionamentos e reflita por um tempo.

4. Identifique a especialidade

Muitos profissionais se identificam com diversas áreas de atuação. Isso possibilita atender aos desejos de clientes com perfis e objetivos distintos. Portanto, é fundamental identificar se a especialidade do profissional se encaixa no tipo de serviço que você espera contratar.

Se o objetivo é melhorar a estética de um cômodo e, ao mesmo tempo, amenizar os ruídos entre ambientes, o ideal é procurar um decorador que tenha experiência em projetos relacionados ao conforto ambiental. Isso significa que saberá usar estratégias para reduzir o desconforto causado por barulhos internos e externos.

Um profissional com foco em design de qualidade, por outro lado, terá orgulho em deixar sua marca em cada detalhe do projeto. Ainda assim, terá o cuidado de combinar corretamente as cores, formas, texturas e outros recursos para compor um espaço harmônico e visualmente agradável.

5. Considere seu orçamento

Um aspecto que poucas pessoas consideram ao contratar decorador é o orçamento necessário para desenvolver e executar o projeto. Afinal, o mercado está sempre mudando, novas técnicas surgem e soluções antigas são substituídas por outras.

Com o tempo, mesmo quem já investiu em determinado serviço perde a noção de quanto custa um trabalho decorativo. Nesses casos, o melhor a fazer é avaliar o montante disponível para a reforma e conversar com o profissional sobre o dá para executar com o recurso reservado.

Caso haja necessidade de um dinheiro extra para transformar o seu imóvel, o ideal é aguardar um tempo e poupar a quantia restante. Outra opção é fazer a mudança por partes, investindo no que é prioridade e deixando outras etapas para um projeto futuro.

Independentemente da decisão, é crucial que você conheça o orçamento toda vez que procurar um serviço. Dessa forma, não terá surpresas desagradáveis e ninguém sairá frustrado.

6. Busque referências

É comum ter dúvidas mesmo depois de receber várias indicações ou após conversar com diferentes profissionais. Se isso acontecer, vale a pena reservar um período para refletir sobre as possibilidades, comparar benefícios e conversar com seus familiares.

Enquanto aguarda, procure referências de terceiros na internet. O ambiente digital é muito útil quando queremos obter opiniões de consumidores em relação a determinado produto e serviço. Portanto, se o decorador ou o escritório em questão possui sites e blogs, avalie os comentários e as interações que mantém com o público.

Em avaliações e depoimentos específicos, você poderá identificar tanto elogios quanto críticas destinados aos trabalhos. Com base nesses dados será mais fácil tomar uma decisão e acertar na escolha do profissional.

Agora ficou mais fácil encarar o desafio de contratar decorador, não é mesmo? Ter atenção a cada passo e avaliar os aspectos com cuidado fará a diferença no resultado do seu projeto. Portanto, guarde as nossas dicas e use-as como ponto de partida para melhorar seu apartamento e obter mais qualidade de vida.

Gostou deste artigo? Então compartilhe em suas redes sociais e leve essas informações para outras pessoas!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se e receba as novidades do nosso blog por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

1 Comentário

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.