tipos de revestimentos

8 tipos de revestimentos para usar na decoração do seu imóvel

Os revestimentos são materiais utilizados para cobrir as paredes e os pisos de um ambiente, dando um acabamento bonito e agradável a eles.

Sua aplicação não está limitada as áreas úmidas, como a cozinha e o banheiro, pois existem diversos tipos de revestimentos utilizados em, praticamente, todos os cômodos de uma casa, de modo que eles se tornaram uma das mais fortes tendências de decoração.

Na hora de escolher o ideal para o seu projeto, o melhor é contar com a ajuda de um profissional, como um decorador contratado, que será capaz de sugerir os tipos de revestimento que melhor se adaptam à sua necessidade, de acordo com a sua disponibilidade financeira, expectativa de durabilidade, condições do ambiente, facilidade de instalação, entre outros fatores.

Se você está pensando em reformar, ou mesmo se está na fase de acabamento da construção do seu imóvel e tem dúvidas sobre os tipos de revestimentos que poderão ser utilizados nos pisos e paredes, então, encontrou o post certo. Continue a leitura conheça os principais tipos de revestimento que podem ser usados na decoração!

8 tipos de revestimento usados em imóveis

1. Pedras

Muita gente acredita que as pedras só podem ser usadas em ambientes externos, como os muros e faxadas, porém, elas também caem muito bem em detalhes internos, por exemplo, em uma única parede de um ambiente.

A pedra palito ou filetada é prefeita para criar detalhes tanto em ambientes internos quanto externos.

2. Mármores e granitos

A diferença entre o mármore e o granito está na resistência, sendo o segundo bem mais forte e durável. Porém, ambos são pedras naturais que dão um toque de requinte e sofisticação a qualquer ambiente. Sua única desvantagem está no preço, bem mais alto que os demais tipos de revestimento, por isso, são considerados nobres.

O granito pode ser usado em ambientes com alto volume de circulação de pessoas, enquanto o mármore serve para ambientes internos.

3. Azulejos

Os azulejos são velhos conhecidos, um tipo clássico de revestimento. Podem ser encontrados em diversas cores, formatos e tamanhos — lisos, estampados, brilhantes, acetinados e, até mesmo, com a aplicação de adesivos decorativos.

Os azulejos portugueses são os mais conhecidos por causa de sua forte presença na cultura do país e, nos últimos anos, têm estado presentes em diversos projetos de decoração.

4. Porcelanatos

O porcelanato pode ser encontrado com acabamento polido ou esmaltado e, além disso, também podem imitar fibras naturais como a madeira. São usados em ambientes externos ou molhados, pois não absorvem a água ou sujeira e podem ser lavados com facilidade.

Seu uso é recomendando para quem deseja dar um ar de sofisticação aos ambientes com pouco tráfego de pessoas e sujeitos a água.

5. Pastilhas

As pastilhas de vidro são recomendadas para áreas externas ou molhadas da casa, como os banheiros, lavabos e cozinha. Elas podem ser usadas para criar detalhes decorativos ou revestir a parede inteira.

Seu uso é recomendando nas mesmas condições em que se usariam os azulejos, porém, com a opção da criação de detalhes mais complexos.

6. Madeira

A madeira é um tipo de revestimento muito versátil, pode ser utilizada tanto em ambientes externos quanto internos, tanto em paredes quanto em pisos. Porém, por se tratar de um material natural, requer alguns cuidados, como a impermeabilização, quando aplicada em locais que poderão ser molhados.

Decorado do Le Vert Boulevard

Quando se deseja criar um ambiente mais rústico e aconchegante, os revestimentos em madeira são os mais recomendados.

7. Papel de Parede

O papel de parede é um tipo de revestimento que oferece muita versatilidade e praticidade, tanto na instalação quanto na manutenção. Além de não fazer sujeira e ter uma aplicação bem rápida, que não necessita de uma obra, seu custo é bem inferior aos demais tipos de revestimento.

Sua utilização é recomendada para renovar o ambiente com uma frequência maior do que a necessária para os revestimentos que precisam de uma obra para serem trocados.

Decorado do Le vert Boulevard

8. Painéis 3D

Os painéis 3D são uma novidade no mercado de decoração, criados com alta tecnologia, ajudam a dar asas à imaginação na hora de criar ambientes inovadores com formas e texturas diferenciadas e com reações distintas conforme a incidência de luz.

Eles podem ser encontrados em materiais como a madeira, o gesso e o alumínio e são recomendados para quem deseja dar um toque mais moderno ao ambiente.

Decorado do Le Vert Boulevard

Principais acabamentos dos revestimentos

Você viu entre os tipos de revestimentos que eles podem ter diferentes acabamentos, como é o caso dos azulejos e porcelanatos. Para não ficar nenhuma dúvida, confira, nos tópicos a seguir, quais são as diferenças entre os tipos de acabamentos que os revestimentos têm.

Polido

São lisos e brilhantes e podem ser usados, especialmente, em ambientes secos como na sala, nos quartos e no corredor.

Acetinado

Também são recomendados para quarto e sala, já que dão um acabamento mais aconchegante ao ambiente. Ao contrário do polido, embora ele também seja liso, seu aspecto é fosco.

Estampado

O que permite ao porcelanato ser estampado é a camada de esmalte que ele recebe, que, além de torná-lo bonito, também o deixa mais resistente e, por isso, pode ser usado em ambientes molhados com segurança.

Acabamentos de borda

Bold

São os acabamentos mais tradicionais com as bordas levemente arredondadas. As peças têm sempre o mesmo tamanho e a distância ideal entre uma e outra é de 3 mm, por isso, o rejunte entre elas é mais aparente.

Retificado

O acabamento retificado é completamente reto, já que as placas são cortadas por discos de diamante. Por isso, é possível encaixá-los com mais facilidade, proporcionando uma instalação uniforme e totalmente alinhada, quase sem rejunte aparente.

Como você pôde observar ao longo deste post, existem diversos tipos de revestimentos com acabamentos diferentes, o que torna a escolha do ideal ainda mais difícil. Por isso, é importante conhecê-los e contar com uma ajuda profissional para acertar na decisão de qual deles utilizar.

Outra dica importante na hora de escolher entres os tipos de revestimentos é já ter, ao menos, uma ideia de como o imóvel será mobiliado. Por isso, leia também sobre os móveis para apartamento para ajudar na sua decisão!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se e receba as novidades do nosso blog por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

1 Comentário

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.