decoração para apartamento pequeno decoração para apartamento pequeno

7 dicas de decoração para apartamento pequeno

6 minutos para ler

O sonho de comprar o primeiro apartamento é algo bem comum entre a maioria dos brasileiros. No entanto, existe um obstáculo que não dá para ignorar: o preço do metro quadrado. Pensando nisso, muitas pessoas têm recorrido a imóveis menores e mais aconchegantes. Se esse é o seu caso, chegou a hora de descobrir como fazer a decoração de apartamento pequeno!

A escolha do seu novo lar é algo muito importante. É necessário considerar diversos aspectos, como segurança, conforto, preço e outros mais. Quando você opta por morar em um condomínio, por exemplo, conta com uma série de vantagens. No entanto, assume o risco de acabar comprando um apartamento um pouco mais enxuto.

Se você já escolheu o imóvel e quer fazer dele o seu lugar no mundo, está na hora de começar a pensar em como você vai deixá-lo com a sua cara, de forma totalmente funcional e gastando pouco! Então, venha com a gente e descubra 7 dicas de decoração para o seu espaço. Aproveite a leitura!

1. Optar por cores claras nas paredes

As cores claras são responsáveis por “abrir” os ambientes, ou seja, deixam os cômodos mais leves, iluminados, e dão a sensação de que são maiores, o contrário do que acontece se você optar por tons escuros. Por isso, é interessante escolher tons assim para as paredes, que ocupam a maior parte dos espaços de um apartamento.

O mesmo vale para os móveis, que devem ser claros para dar um ar mais clean aos ambientes. Se você gosta de cores fortes e vibrantes, uma dica interessante é deixar para utilizá-las em itens decorativos, como almofadas, quadros e luminárias, gerando um contraste bem bacana.

2. Reduzir o número de móveis

Já ouviu aquela história de que “menos é mais”? Em apartamentos, essa é uma ideia valiosa. Você não faz ideia do quanto as pessoas investem em móveis desnecessários. Eles podem até dar um charme e sofisticação para casas maiores, mas em apartamentos só aumentam a sensação de sufocamento e até podem deixar um ambiente desorganizado.

Por isso, prefira ter poucos móveis, dando prioridade àquelas peças funcionais e a um espaço confortável para a circulação das pessoas. Escolha com atenção cada item que fará parte da sua mobília para que, em conjunto, eles atribuam personalidade, utilidade e leveza ao seu lar.

3. Considerar a escala dos móveis

Considerar a escala dos móveis é outro detalhe que fará toda a diferença. Mas, o que é isso, afinal? Quando você tem um cômodo ou ambientes menores, em geral, é preciso pensar no volume que a mobília ocupará. Isso é algo imprescindível no momento da escolha dos móveis.

Existem aqueles que são feitos justamente em um formato mais robusto, pomposo, com cores fortes e cheios de detalhes. Eles são próprios para ambientes amplos, porque ajudam a preencher esses espaços. No caso da decoração de apartamento pequeno, é preciso fugir das opções volumosas e evitar peças grandes. Portanto, quanto mais estreitos e básicos forem os móveis, melhor.

4. Dar preferência aos móveis multifuncionais

Uma ideia incrível para a decoração de apartamento pequeno é a priorização de móveis multifuncionais ou planejados. A proposta é clara: fazer com que um mesmo móvel sirva para diferentes funções. Uma referência clássica disso é o famoso sofá-cama, que pode dispensar a necessidade de um quarto de hóspedes. Pufes, mesas de centro e outros itens com compartimentos para guardar utensílios também são boas opções.

Além disso, os móveis planejados são a solução ideal para aproveitar todos os cantos do apartamento de maneira totalmente funcional. Com portas de correr e encaixes criativos, é possível alocar todos os seus itens sem precisar de uma quantidade enorme de móveis; e isso sem contar que essa organização torna o apartamento mais bonito.

5. Utilizar plantas na decoração

Incrementar a decoração de apartamento pequeno com plantas é uma das ideias mais inteligentes que você pode ter. Além de atribuírem beleza, elas podem contribuir de diversas maneiras para o bem-estar da sua família. Algumas delas ajudam até mesmo a limpar o ar dos ambientes, como a aloe vera, a espada de São Jorge, a samambaia e o lírio da paz.

As flores são uma opção e tanto para tornar a decoração mais refrescante e viva, geram contraste e alegram os espaços. Ainda que você não tenha muito tempo para dar atenção a elas, existem espécies que não dependem de muitos cuidados. Portanto, não há desculpas para deixar plantas e flores de fora!

6. Aproveitar a iluminação natural

A iluminação é um fator-chave em qualquer decoração. A dica aqui é que você tente aproveitar ao máximo a luz natural no seu apartamento. Isso ajudará a torná-lo ainda mais agradável e com um aspecto de maior amplitude, certo? Então, use ela a seu favor.

Para tanto, opte por cortinas claras e tecidos que permitam a passagem de luz, como o voil, cetim, linho e afins. Se possível, mantenha as cortinas e as janelas abertas durante o dia, isso contribuirá para deixar os espaços ainda mais claros. Se não for possível, invista em uma iluminação artificial bem distribuída, mas nada de escurecer os cômodos, pois isso fará o apartamento parecer ainda menor.

7. Usar itens-chave

Se você quer fazer uma decoração de sala simples e barata, por exemplo, pode investir em alguns itens-chave que tornarão o cômodo mais agradável, vivo e bonito. Procurando com calma, você pode achar alguns objetos bem em conta, como:

  • espelhos ou objetos espelhados;
  • artesanatos em macramê para as plantas;
  • almofadas coloridas;
  • quadros coloridos para as paredes;
  • pufes que contrastam com o ambiente;
  • arranjos de suculentas.

A decoração de apartamento pequeno não é algo difícil de fazer, ela apenas precisa ser pensada em detalhes. Os móveis são o principal aspecto de influência no que diz respeito ao efeito de um ambiente “cheio” ou “vazio”. A partir deles, você pode complementar os ambientes com itens que atribuirão estilo a eles, dando a sua cara para o imóvel.

Se você curtiu este conteúdo sobre decoração de apartamento pequeno e acha que ele pode ajudar outras pessoas também, não fique aí parado. Compartilhe este post nas suas redes sociais!

Posts relacionados

Deixe uma resposta